Arquivado Sob Caué

Socopé Novo Brasil

Socopé Novo Brasil de Monte Mário

[entrada em construção]

O grupo foi criado pelos angolares que habitavam a zona de Monte Mário. Funcionou antes da independência.

O socopé Novo Brasil era constituído por cerca de 20 pessoas: 7 tocadores e mais de uma dúzia de homens e mulheres que apresentavam a coreografada performance, composta por partes faladas e cantadas, acompanhadas pela dança. Os instrumentos de percussão (três tabaques e um uémbe, de acordo com as memórias dos habitantes da vila), eram acompanhados por três pitus que executavam a melodia a três vozes (Entrevista 99.2020). A importância de pitus neste grupo de socopé é sublinhada até agora pelas pessoas que assistiam às performances, ainda crianças.

 

Entrevistas

Entrevista 89.2020, Monte Mário, 9.10.2020

Entrevista 99.2020, Monte Mário, 12.10.2020

Conversas em Monte Mário, Ribeira Peixe, São João dos Angolares, 2019, 2020, 2021

Imagens

Sem Título

Localização

Metadados

Magdalena Bialoborska Chambel, “Socopé Novo Brasil,” Mapa Cultural de São Tomé e Príncipe, acedido 18 de Abril de 2024, https://culturastp.com/registo/socope-novo-brasil.